???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://bdtd.ufersa.edu.br:80/tede/handle/tede/23
???metadata.dc.type???: Dissertação
Title: Gestão da responsabilidade social em universidades: análise da percepção de diferentes sujeitos na comunidade acadêmica potiguar
Other Titles: Management of social responsibility at universities:analysis of Different subjects perception in the potiguar academic Community
???metadata.dc.creator???: Sousa, Júlio César Rodrigues de 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Siqueira, Elisabete Stradiotto
???metadata.dc.contributor.referee1???: Araújo, Francisco Odolberto de
???metadata.dc.contributor.referee2???: Binotto, Erlaine
???metadata.dc.description.resumo???: O conceito de responsabilidade social tem sua origem nas organizações empresariais, preocupadas em reduzir o avanço das propostas socialistas e de intervenção do Estado, dessa forma, busca reduzir os impactos das organizações sobre o tecido social. Contudo, o impacto produzido é diferenciado, dependendo da natureza e do tipo de atividade que desenvolve. Nesse contexto, encontramos as universidades que tem a função de formação de profissionais que contribuam na melhoria das condições de vida de uma dada sociedade, e suas externalidades não são tão evidentes como em outras organizações. Então, questiona-se que tipo de ações elas deveriam desenvolver em seu processo de gestão? A partir desta problemática o estudo objetiva avaliar a percepção da comunidade acadêmica potiguar sobre os princípios e temas centrais da responsabilidade social, assim como compreender o nível de maturidade organizacional na temática. Como método utilizou-se uma abordagem quali-quantitativa e a coleta de dados foi realizada através da aplicação de questionários com 1.318 discentes, 118 técnico-administrativos, 104 docentes e 29 gestores da UFERSA, UFRN, UERN e UNP, além de realização de entrevistas semiestruturadas junto a 2 reitores, 15 pró-reitores e 4 diretores de campus. Os resultados da pesquisa revelaram que existe um longo caminho a ser percorrido até que as universidades potiguares se tornem instituições socialmente responsáveis, tendo em vista que os dados da governança organizacional evidenciaram a falta de alinhamento entre gestores e demais membros da comunidade acadêmica, com percepções distintas sobre as práticas universitárias; com relação aos direitos humanos, constatou-se que as universidades cumprem sua responsabilidade básica, entretanto, existe dois pontos preocupantes: a liberdade de expressão no âmbito acadêmico e a igualdade de oportunidades e respeito a todos os indivíduos; no que se refere às práticas de trabalho, o público demonstrou que as universidades não se esforçam para eliminar perigos psicossociais no local de trabalho que ocasionam estresse e doenças; no que concerne às práticas leais de operação, os dados sinalizaram que não existem nos sistemas de governança, mecanismos capazes de combater atos lesivos contra a administração universitária; quanto a dimensão meio ambiente, os resultados demonstraram a falta de alinhamento entre o discurso acadêmico e as práticas ambientais existentes; no tocante às questões relativas aos consumidores, mostraram que está em curso uma mudança no perfil dos alunos da graduação em relação a década passada, onde cada vez mais, estes necessitam de serviços da assistência estudantil para se manterem na universidade e concluírem seus estudos. E no que diz respeito ao envolvimento e desenvolvimento da comunidade, o público reconheceu a importância do papel das universidades para o desenvolvimento das regiões que estão inseridas, sobretudo na produção, difusão e transferência de conhecimentos que contribuem diretamente na resolução dos problemas locais
Abstract: The concept of social responsibility is originated in corporate organizations which, concerned about decreased advance of socialism and state intervention proposals, seek reduced impacts of organizations on the social fabric. However, the impact is different according to the kind of activities developed. In this context, there are universities with the function of training professional staff to help improving a certain society living conditions. And their externalities are not so clear as in other organizations. Thus, we wonder what kind of actions they should develop in their management process. With this issue, this study aims at evaluating the perception of the Potiguar academic community on the main principles and themes of social responsibility, as well as understanding the organization maturity level on the theme. For this purpose, a qualitative and quantitative approach was used, and the data collect was performed by applying a questionnaire to 1,318 student, 118 technical-administrative staff, 104 professors and 29 managers of UFERSA, UFRN, UERN and UNP, and the conduction of semi-strutured interviews with 2 rectors, 15 pro-rectors, and 4 campus administrators. The research findings showed a long way to be run until Potiguar universities become socially responsible institutions, considering that the organizational governance data highlighted disagreement between managers and other academic community members, who had distinct perceptions on university practices. Regarding human rights, it was found that universities meet basic responsibility. However, there are two points of concern: freedom of speech in the academic sphere and equal opportunities for all individuals; concerning the working practices, they showed that universities do not make many efforts to eliminate from the workplace psychosocial risks causing stress and diseases; concerning the fair operating practices, the data showed that governance systems do not present mechanisms to combat acts detrimental to the university management; on the environment, the results showed disagreement between the university speech and the current environmental practices; in relation to the public, it was found that there is a change in the undergraduate students profile compared to the past decade they increasingly need the student welfare services to stay at the university and graduate. And regarding the community participation and development, they recognise the universities important role for the development of regions committed especially to producing, publishing and sharing knowledge contributing directly to solve the local problems
Keywords: Gestão universitária
Responsabilidade social
Meio ambiente
Comunidade acadêmica
University management
Social responsibility
Environment
Academic community
???metadata.dc.subject.cnpq???: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: BR
Publisher: Universidade Federal Rural do Semi-Árido
???metadata.dc.publisher.initials???: UFERSA
???metadata.dc.publisher.department???: Estratégias sustentáveis de desenvolvimento do Semiárido
???metadata.dc.publisher.program???: Programa de Pós-graduação em ambiente, tecnologia e sociedade
Citation: SOUSA, Júlio César Rodrigues de. Management of social responsibility at universities:analysis of Different subjects perception in the potiguar academic Community. 2014. 203 f. Dissertação (Mestrado em Estratégias sustentáveis de desenvolvimento do Semiárido) - Universidade Federal Rural do Semi-Árido, Mossoró, 2014.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: http://bdtd.ufersa.edu.br:80/tede/handle/tede/23
Issue Date: 1-Dec-2014
Appears in Collections:MESTRADO EM AMBIENTE, TECNOLOGIA E SOCIEDADE

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
JulioCRS_DISSERT.pdf3.53 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.