???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://bdtd.ufersa.edu.br:80/tede/handle/tede/3
???metadata.dc.type???: Dissertação
Title: Saúde Vocal e docência no ensino superior
Other Titles: Vocal health and teaching in higher education
???metadata.dc.creator???: Braga Júnior, Francisco Varder 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Bergamo, Genevile Carife
???metadata.dc.contributor.referee1???: Santana, Ana Paula de Oliveira
???metadata.dc.contributor.referee2???: Souza, Lourdes Bernadete Rocha de
???metadata.dc.description.resumo???: O presente estudo objetivou analisar a relação entre saúde vocal e docência no ensino superior, verificando a influência dos fatores condicionantes à saúde vocal na performance dos docentes da Universidade Federal Rural do Semi-Árido, além de investigar suas percepções, queixas vocais e ambiente de trabalho. A amostra estudada foi composta por mais de 50% do quadro efetivo da universidade nos seus quatro campi, somando um total de 236 professores pesquisados, sendo estes campi na cidade de Angicos, Caraúbas, Mossoró e Pau dos Ferros, todos localizados no estado do Rio Grande do Norte. Foi aplicado um questionário como instrumento de coleta com questões objetivas e semi-estruturadas que solicitava dos professores os seguintes dados: de identificação, profissionais, sintomatologia e fatores condicionantes a saúde vocal (hábitos vocais, condições ambientais de sala de aula e hábitos relacionados à alimentação e hidratação). Mediante o cruzamento das variáveis, verificamos a existência de associação entre sintomas vocais e as variáveis relacionadas aos sintomas de saúde geral, dados de identificação e dados profissionais, assim como a mudança da voz após o início da docência relacionando com as condições ambientais desfavoráveis de sala de aula. A prevalência obtida de maior ocorrência dentre os sintomas vocais foi: pigarro, garganta raspante , dor na garganta, falha na voz e rouquidão. Já os sintomas de saúde geral apresentaram-se da seguinte forma: estresse, ansiedade, rinite, problemas de coluna e problemas gástricos. Quanto ao ambiente de trabalho, este se mostrou indiferente conforme a leitura da escala proposta e os hábitos vocais, de alimentação e hidratação na sua maioria configuraram-se como adequados. Portanto, esse estudo possibilitou demonstrar as principais dificuldades dos professores da Universidade Federal do Rural do Semi-Árido, com relação à saúde vocal e docência, proporcionando uma reflexão e contribuição com outros estudos da literatura, servindo como norte de trabalhos futuros nessa Instituição, além de sugerir medidas voltadas à saúde do trabalhador, especificamente para a saúde vocal dos docentes do ensino superior.
Abstract: This study aimed to investigate the relationship between vocal health and teaching in higher education, the influence of conditioning factors to vocal health on the performance of professors at the Federal Rural University of the Semi-arid, and to investigate these professionals perceptions, vocal complaints and workplace. The sample was composed of more than 50% of the headcount in the four university campuses, with a total of 236 professors surveyed. The campuses in Angicos, Caraúbas, Pau dos Ferros, and Mossoró are all located in the state of Rio Grande do Norte. Questionnaires were used as instruments to collect data. There were objective and semi-structured questions that were requested to the professors to obtain the following data: identification data, professional data, conditioning factors and symptoms of vocal health (vocal habits, environmental conditions and classroom habits related to food and hydration). By crossing the variables, we verified the existence of an association between vocal symptoms and variables related to general health symptoms, identification data and professionals, as well as voice change after start teaching with inappropriate classroom conditions. The most frequent vocal symptoms are: hoarseness, rasping throat sensation, sore throat, hoarseness, and failing voice. In contrast, general health symptoms presented as follows: stress, anxiety, rhinitis, spine problems and gastric problems. As for the workplace, this proved indifferent as the reading of the proposed scale and the vocal habits, to food and hydration mostly also set up as adequate. Therefore, this study allowed us to demonstrate the main difficulties of professors at Federal Rural University of the Semi-arid with respect to vocal health and teaching, providing a reflection and contribution with other existing studies at literature, serving as a guide for future work in this Institution, and to suggest measures aimed at occupational health, specifically for professors vocal health of higher education.
Keywords: saúde
voz
professores universitários
ambiente de trabalho
health
voice
professors
workplace
???metadata.dc.subject.cnpq???: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO::ADMINISTRACAO DE SETORES ESPECIFICOS
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: BR
Publisher: Universidade Federal Rural do Semi-Árido
???metadata.dc.publisher.initials???: UFERSA
???metadata.dc.publisher.department???: Estratégias sustentáveis de desenvolvimento do Semiárido
???metadata.dc.publisher.program???: Programa de Pós-graduação em ambiente, tecnologia e sociedade
Citation: BRAGA JÚNIOR, Francisco Varder. Vocal health and teaching in higher education. 2013. 82 f. Dissertação (Mestrado em Estratégias sustentáveis de desenvolvimento do Semiárido) - Universidade Federal Rural do Semi-Árido, Mossoró, 2013.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: http://bdtd.ufersa.edu.br:80/tede/handle/tede/3
Issue Date: 30-Jan-2013
Appears in Collections:MESTRADO EM AMBIENTE, TECNOLOGIA E SOCIEDADE

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
FranciscoVBJ_DISSERT.pdf974.59 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.