???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://bdtd.ufersa.edu.br:80/tede/handle/tede/419
???metadata.dc.type???: Dissertação
Title: Eficácia do tratamento biológico em gotejadores operando com água residuária doméstica tratada
Other Titles: Effectiveness of biological treatment in drippers operating with domestic wastewater treated
???metadata.dc.creator???: Costa, Danniely de Oliveira 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Batista, Rafael de Oliveira
First advisor-co: Lemos Filho, Luis César de Aquino
???metadata.dc.contributor.referee1???: Alves, Sandra Maria Campos
???metadata.dc.contributor.referee2???: Santos, Delfran Batista dos
???metadata.dc.description.resumo???: A escassez hídrica e a degradação ambiental no semiárido são fatores que potencializam a utilização de águas residuárias domésticas tratadas visando seu aproveitamento agrícola. A irrigação localizada torna-se o método mais sustentável para este fim, devido à elevada eficiência de aplicação e do baixo risco de contaminação do produto agrícola e de operadores no campo. No entanto, apresentam alta susceptibilidade ao entupimento de emissores, particularmente quando operam com águas residuárias, em função da formação de bioincrustação. Neste contexto, o presente trabalho teve por objetivo empregar o tratamento biológico visando à desobstrução de gotejadores que operam com água residuária doméstica tratada. Para isso, foi montada uma bancada experimental na Unidade Experimental de Reuso de Água (UERA), a qual apresenta uma área total de 793,13 m2, instalada no Parque Zoobotânico da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA), campus Mossoró. Para avaliação do desempenho hidráulico e do entupimento dos três tipos de gotejadores aplicando água residuária tratada, durante 400 h, montou-se um experimento com quatro unidades de irrigação, dotadas de três tipos de gotejadores (G1, G2 e G3), em três repetições (três linhas laterais por tipo de gotejador). A cada 80 h de funcionamento avaliou-se o CUC, CUD, Us, CVQ, RQR e Q. Decorrido o tempo de operação de 400 h, realizou-se o segundo experimento, caracterizado pelo emprego do tratamento biológico que constou de catalisador enzimático da marca Byosol Swift, linha FA (Fossa Asséptica) e de pó concentrado de bactérias da marca MaxBio, utilizados conjuntamente. O experimento foi montado com três fatores, sendo o primeiro fator os três tipos de gotejadores, o segundo fator os três tratamentos T1 (sem aplicação do produto), T2 (1ª aplicação do produto) e T3 (2ª aplicação do produto) e o terceiro fator as dosagens DOS1 (80 mg L-1), DOS2 (160 mg L-1), DOS3 (240 mg L-1) e DOS4 (320 mg L-1) do produto MaxBio, em três repetições (três linhas laterais por tipo de gotejador em cada unidade de irrigação). Os níveis de desobstrução dos gotejadores pelos produtos biológicos foram avaliados. Os dados foram submetidos às análises de regressão simples e múltipla, teste de média e teste de correlações paramétricas de Pearson. Os resultados indicaram que a formação de bioincrustação resultante da interação entre os agentes físico-químicos e biológicos propiciou o entupimento parcial e total dos gotejadores e, consequentemente, redução no desempenho hidráulico das unidades de irrigação que operaram com água residuária doméstica tratada. O gotejador G1 foi mais suscetível ao entupimento do que os gotejadores G2 e G3. No gotejador G1, a dosagem de 80 mg L-1 de MaxBio apresentou resultados mais positivos, quanto à recuperação do desempenho hidráulico, sendo este efeito mais expressivo com a realização da segunda aplicação do produto. A dosagem de 80 mg L-1 de MaxBio, também, apresentou os melhores resultados na desobstrução do gotejador G3, sendo necessária, apenas, a primeira aplicação do produto
Abstract: Water scarcity and environmental degradation in semiarid region are factors that increase the use of treated domestic wastewater aiming its agricultural use. The drip irrigation becomes more sustainable method for this purpose, due to high application efficiency and low risk of contamination of agricultural produce and operators in the field. However, they have a high susceptibility of obstruction the emitters, particularly when operating with wastewaters, because of the biofouling's formation. In this context, the present study seeked to employ biological treatment aimed at the drippers' unblocking that operate with treated domestic wastewater. For that, we assembled an experimental bench in the Experimental Unit for Water Reuse (EUWR), which has a total area of 793.13 m2, installed on the Zoo and Botanical Park located at the Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA), Mossoró campus. To assessment of hydraulic performance and clogging of three types of drippers applying wastewater treated for 400 h, was mounted an experiment with four irrigation units, equipped with three types of emitters (G1, G2 and G3), with three replicates (three lateral lines by type of dripper). Every 80 h of operation evaluated the CUC, CUD, Us, CVQ, RQR and Q. After the operation time of 400 h, was held the second experiment, characterized by the use of biological treatment that consisted of catalyst enzymatic brand Byosol Swift, line FA (Aseptic Fosse) and powder concentrate of bacteria MaxBio brand, used together . The experiment was mounted with three factors, being the first factor the three types of emitters, the second factor the three treatments T1 (without application of the product), T2 (first application of the product) and T3 (second application of the product) and the third factor the dosages DOS1 (80 mg L-1), DOS2 (160 mg L-1), DOS3 (240 mg L-1) and DOS4 (320 mg L-1) the product MaxBio in three replicates (three lateral lines by type of dripper in each irrigation unit). The data were submitted to analysis of simple and multiple regression, mean test and parametric Pearson correlations test. The results indicated that the formation of biofouling resulting from the interaction between the physical, chemical and biological agents led to partial and total clogging of emitters and hence reduction in the hydraulic performance of irrigation units which operate with domestic wastewater treated. The dripper G1 was more susceptible to clogging than the drippers G2 and G3. In dripper G1, the dosage of 80 mg L-1 MaxBio showed more positive results, as the recovery of hydraulic performance, this being more expressive effect with the completion of the second application of the product. A dosage of 80 mg L-1 MaxBio also showed the best results in clearing the dripper G3, the first application of the product is required, only
Keywords: Irrigação agrícola
Desobstrução de gotejadores Tratamento biológico
Água - reuso
Solução com bactérias
Agricultural irrigation
Clearance drippers - biological treatment
Water - reuse
Solution with bacteria
???metadata.dc.subject.cnpq???: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA::CIENCIA DO SOLO::MANEJO E CONSERVACAO DO SOLO
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: BR
Publisher: Universidade Federal Rural do Semi-Árido
???metadata.dc.publisher.initials???: UFERSA
???metadata.dc.publisher.department???: Manejo de Solo e água
???metadata.dc.publisher.program???: Programa de Pós-graduação em Manejo de solo e água
Citation: COSTA, Danniely de Oliveira. Effectiveness of biological treatment in drippers operating with domestic wastewater treated. 2014. 111 f. Dissertação (Mestrado em Manejo de Solo e água) - Universidade Federal Rural do Semi-Árido, Mossoró, 2014.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: http://bdtd.ufersa.edu.br:80/tede/handle/tede/419
Issue Date: 28-Aug-2014
Appears in Collections:MESTRADO EM MANEJO DE SOLO E ÁGUA

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DannielyOC_DISSERT.pdf2.25 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.