???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://bdtd.ufersa.edu.br:80/tede/handle/tede/499
???metadata.dc.type???: Dissertação
Title: Interação salinidade e nitrogênio sobre os componentes nutricionais e de produção do capim tanzânia
Other Titles: Cultivation Tanzania grass under salt stress and nitrogen levels
???metadata.dc.creator???: Maia, Priscila de Melo Evangelista 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Dias, Nildo da Silva
???metadata.dc.contributor.referee1???: Santos Júnior, José Amilton
???metadata.dc.contributor.referee2???: Oliveira, Francisco de Assis de
???metadata.dc.description.resumo???: As regiões áridas e semiáridas têm sofrido com o problema da escassez de água, passando constantemente por períodos de seca. No Nordeste brasileiro, para suprir as necessidades hídricas é comum a perfuração de poços artesianos, porém, devido a formação geológica dos seus aquíferos, a maioria desses poços apresenta águas salobras. Uma alternativa para aumentar a disponibilidade de água para as atividades agrícolas seria a utilização de água de poços rasos para irrigação de plantas halófitas ou de culturas tolerantes à salinidade. As plantas forrageiras são consideradas plantas tolerantes, e segundo vários autores, o nitrogênio, pode ser um redutor dos efeitos provocados pelo estresse salino, além de promover o crescimento das plantas. Com o objetivo de avaliar o efeito interativo de níveis de salinidade e adubação nitrogenada na produção e na composição química do capim Tanzânia desenvolveu-se o presente trabalho em casa de vegetação utilizando vasos, os tratamentos foram constituídos da combinação de cinco níveis de salinidade (S1 = 0,5 dS m-1, S2 = 1,5 dS m-1, S3 = 3,0 dS m-1, S4 = 4,5 dS m-1 e S5 = 6,0 dS m-1), e quatro doses de nitrogênio (N1 = 0; N2 = 0,8; N3 = 1,6 e N4 = 2,3 g vaso-1), utilizando delineamento em blocos ao acaso com quatro repetições. Avaliaram-se os componentes de produção área foliar (AF), massa fresca e massa seca de folhas (MFF) e (MSF), teores de proteína bruta, macronutrientes e teores de Cl- e Na+. Observou-se efeito significativo para a interação dos fatores salinidade e doses de N para todos os componentes da produção de forma que à medida que foi elevado o nível de salinidade a produção foi reduzida, porém até o nível de salinidade S3 as doses de N possibilitaram uma menor taxa de redução. De uma forma geral observou-se acréscimos nos teores de nutrientes e PB com o aumento da salinidade da água de irrigação provavelmente devido ao efeito de concentração desses nutrientes dentro da planta uma vez que a massa seca foi inversamente proporcional. Verificou-se também que a irrigação com água de elevada salinidade inibiu o efeito benéfico do nitrogênio sobre o crescimento do capim Tanzânia
Abstract: The arid and semiarid regions have suffered from the problem of water scarcity, rising steadily through periods of drought. In northeastern Brazil, to meet the water needs is common to drill wells, however, due to geological formation of its aquifers, most of these wells has brackish waters. Agriculture and livestock are important activities in these regions and is responsible for much of the water consumption; an alternative to increase the availability of water for agricultural activities would be to use water from shallow wells for irrigation of halophytes or crops tolerant to salinity. Forage crops are considered tolerant plants, mineral nutrition being a very important factor for the production losses is minimal, and, according to several authors nitrogen, can be a reducer of the effects caused by salt stress, and promote the growth of plant. Aiming to evaluate the interactive effect of salinity levels and nitrogen fertilization on yield and chemical composition of Tanzania grass developed this work in a greenhouse in pots , the treatments consisted of five levels of salinity ( S1 = 0 5 dS m -1 , S2 - 1.5 dS m -1 , S3 - 3.0 dS m -1 , S4 - 4.5 dS m -1 and S5 - 6.0 dS m -1 ) and four nitrogen ( N1 = 0, N2 = 0.8, N3 = N4 = 1.6 and 2.3 g pot-1 ) . Evaluated the production components leaf area (LA), fresh weight and dry weight of leaves ( MFF ) and ( MSF ) , crude protein , and macronutrient content of Cl- and Na+ . There was a significant effect for the interaction of salinity and N levels for all components of the production so that as was the high level of salinity production was reduced, even though the level of salinity S3 N rates possible a lower reduction ratio. Generally observed increase in the concentration of nutrients and PB with increasing salinity of irrigation probably due to the concentration effect of these nutrients in the plant since the dry weight was inversely proportional. It was also found that irrigation with high salt inhibited the beneficial effect of nitrogen on the growth of grass Tanzania
Keywords: Irrigação
Adubação nitrogenada
Estresse salino
Panicum maximun
Water scarcity
Salinity
Nitrogen
Panicum maximum jacq
???metadata.dc.subject.cnpq???: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::ENGENHARIA AGRICOLA::ENGENHARIA DE AGUA E SOLO::IRRIGACAO E DRENAGEM
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: BR
Publisher: Universidade Federal Rural do Semi-Árido
???metadata.dc.publisher.initials???: UFERSA
???metadata.dc.publisher.department???: Irrigação e Drenagem
???metadata.dc.publisher.program???: Programa de Pós-graduação em irrigação e drenagem
Citation: MAIA, Priscila de Melo Evangelista. Cultivation Tanzania grass under salt stress and nitrogen levels. 2014. 70 f. Dissertação (Mestrado em Irrigação e Drenagem) - Universidade Federal Rural do Semi-Árido, Mossoró, 2014.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: http://bdtd.ufersa.edu.br:80/tede/handle/tede/499
Issue Date: 18-Sep-2014
Appears in Collections:MESTRADO EM IRRIGAÇÃO E DRENAGEM

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PriscilaMEM_DISSERT.pdf1.2 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.